Você está aqui: Página Inicial / Ações do CFA / Artigos de Adm / Artigo dos usuários / Escolas de governo - virtu e fortu

CFA

Escolas de governo - virtu e fortu

O impacto da escola de governo na profissionalização do serviço público e no exercício da cidadania.

Comments
por Deivy Tadashi Kawasaki 06/04/2015 08h54
Iniciativas do Poder Público, como a escola de governo, devem ser apreciadas e incentivadas sempre, pois auxiliam no fortalecimento e consolidação da democracia brasileira.

Por Deivy Tadashi Kawasaki

As escolas de governo se caracterizam pelo ambiente de capacitação e treinamento de servidores e agentes públicos, organizadas e financiadas por instituições públicas. Basicamente, elas difundem a missão institucional, os princípios da administração pública ditados pelo artigo 37 da Constituição Federal de 1988 e a importância da aplicação e respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal no dia a dia dos serviços públicos.

Desta forma, a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) evidenciou a virtude das escolas de governo em 2003, ao criar a rede nacional de escolas de governo, onde o compartilhamento de conhecimentos e o mapeamento das escolas de governo de todo o país, confirmaram a necessidade e o envolvimento ativo do poder público na especialização e desenvolvimento contínuo do próprio capital humano.

Mais que isso, houve a ampliação do compartilhamento de conhecimentos pelas escolas de governo, com a abertura de cursos também a sociedade de maneira geral, tratando de cidadania, planejamento, orçamento, transparência, direito, administração e políticas públicas, principalmente através do ensino a distância pela internet. Um exemplo a ser destacado, é do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) vinculado ao Senado Federal.

Assim, a fortuna das escolas de governo pode ser evidenciada, com a possibilidade da construção de uma sociedade consciente e responsável, acima de tudo participativa das eleições e decisões do governo local, regional e nacional, por consequência.

Isto porque o cidadão comum pode criar uma opinião fundamentada e esclarecida, baseada nos pilares da república democrática brasileira, e atuar para o desenvolvimento da sociedade, na escolha dos melhores representantes e na cobrança por melhores serviços públicos prestados.

Lembrando que os serviços públicos são financiados pelos impostos pagos pela própria sociedade, sobretudo a sua qualidade e efetividade são direitos constitucionais da nação.

Revista RBA

 Pesquisa Perfil 2015

Deivy Tadashi KawasakiDeivy Tadashi Kawasaki Especialista em Competências Gerenciais Públicas, com experiência na área de Administração Municipal, ênfase em Orçamento, Contabilidade, Finanças e Controladoria, e atuando principalmente nos seguintes temas: finanças públicas, orçamento público, centro de custos, controle interno, transparência, Estado e políticas públicas.
Urgência na revisão do Pacto Federativo o ano pasado
Manual para gestores de recursos públicos. o ano pasado
Estabilidade no serviço público: prós e contras. o ano pasado
Ouvidoria, Controladoria e Corregedoria nos órgãos públicos. o ano pasado
Transparência e Lei de Acesso à Informação o ano pasado