Você está aqui: Página Inicial / Edições / 106 / Empreender como meta [ EDITORIAL ]

Empreender como meta [ EDITORIAL ]

por Administrador do portal 05/08/2015 15h17

Colecionar sonhos faz parte da vida. E sonhar é bom e não custa nada. Imaginar novas realidades para a vida pessoal e profissional ajuda a relaxar, a tirar o peso das frustrações e a traçar novos planos. Muitas vezes, a realidade parte de um sonho e se torna possível quando a transpiração e a inspiração trabalham juntas. Não vale a pena se manter descontente, pois as possibilidades de mudança são gigantes e podem encontrar no empreendedorismo um campo fértil. Então, além de sonhar, planejar, "suar a camisa" e investir em ideias, também colaboram com a receita de empreender: a iniciativa, a busca por informações adequadas ao modelo de negócio que se deseja seguir, medir corretamente os riscos, a organização e o dom. A matéria de capa desta edição da Revista Brasileira de Administração (RBA) traz exemplos de empreendedores e algumas dicas para os Administradores que colocaram no seu planejamento de vida a abertura de negócio próprio. Vale lembrar que os profissionais da área levam a vantagem de possuir conhecimentos especiais, que já foram adquiridos na graduação, que favorecem o sucesso.

“A liderança eficaz passa pelo menos por três componentes: uma grande capacidade de diagnosticar a situação, um repertório de habilidades que possa dar respostas e atender adequadamente àquela situação e valores fundamentais que sustentem as decisões (ética e conduta moral)."

Não se pode negar que as habilidades de lidar com recursos humanos, matemática contábil, logística, marketing e gestão contam pontos a favor dos Administradores. Entre outros temas selecionados, a equipe da RBA preparou matéria robusta sobre compliance, tema presente da Administração. Os especialistas ouvidos explicaram que, caso os colaboradores das empresas cumprissem de modo fiel suas políticas de funcionamento, os profissionais de compliance não teriam razão de existir. Porém, a prática mostra que a figura daquele que controla o cumprimento das regras internas e externas pelas organizações, seus funcionários e terceiros que com ela interagem se tornou indispensável. Pauta frequente de veículos de comunicação, os problemas causados por equívocos dos gestores públicos brasileiros refletem-se em prejuízos financeiros, estruturais e sociais. Fato é que não há como suportar mais os desvios que penalizam o desenvolvimento do país e uma das soluções viáveis é a profissionalização. Os Administradores podem ajudar, e muito, nessa missão e contam com o total apoio do Conselho Federal de Administração (CFA). E como é positivo ter boa referência, ter a quem mirar e onde encontrar bons argumentos para enfrentar questões do cotidiano profissional! Pois essa é a função do líder dentro do ambiente empresarial. Como diz o professor Dante Quadros, ouvido pela reportagem da RBA, “a liderança eficaz passa pelo menos por três componentes: uma grande capacidade de diagnosticar a situação, um repertório de habilidades que possa dar respostas e atender adequadamente àquela situação e valores fundamentais que sustentem as decisões (ética e conduta moral)." O mercado sentia falta e as instituições de ensino superior responderam à necessidade de formar técnicos. Os primeiros cursos de tecnologia do Brasil foram implantados no início da década de 60 e ainda hoje se mostram em constante crescimento no país. Dentro da Administração, as áreas de Recursos Humanos, Logística, Marketing, Gestão de Políticas Públicas e Gestão da Qualidade oferecem formação especializada e há vagas de emprego. Além dos assuntos já mencionados, a RBA entrevistou o Adm. Antonio Alves,que começou suas atividades profissionais catando laranjas e café e hoje é executivo da área de marketing. Alves trabalha na TV Morena, afiliada da Rede Globo em Mato Grosso do Sul, e prega que os Administradores devem estar dispostos a escutar, aprender e mediar a relação entre todos os atores da empresa e mercado. Para ele, dessa forma, os desafios viram oportunidades de sucesso. Descubra as próximas páginas, pois existem mais pautas interessantes. A RBA é pensada para atender ao Administrador e ao tecnólogo em Administração e segue em constante aperfeiçoamento.

Boa leitura!