Você está aqui: Página Inicial / Edições / 106 / Uma longa experiência [ ENTREVISTA ]

Uma longa experiência [ ENTREVISTA ]

por Administrador do portal 05/08/2015 15h40

Acredito que essas experiências anteriores foram fundamentais para embasar meu planejamento de vida e de atuação profissional, e encarar os desafios sempre de frente e de forma direta.

Antônio Alves é um exemplo de determinação. Com experiência profissional em diversas áreas, o Administrador iniciou sua carreira muito cedo, trabalhou como office-boy, na lavoura e hoje atua na área de marketing em um grande grupo de Comunicação, a TV Morena, afiliada da Rede Globo em Mato Grosso do Sul. Passou pela área de coaching e talvez isso tenha lhe auxiliado a entender o quanto é importante ouvir. “Como Administradores, devemos estar dispostos a escutar, aprender e mediar sempre com todos os atores da empresa e do mercado, pois dessa forma os desafios viram oportunidades de sucesso. E, como Administradores na área de marketing, acredito que levamos uma vantagem, que é ter um cuidado maior com o planejamento mercadológico e financeiro dos projetos.” Ele acredita que, para ser um bom Administrador, é preciso ser ético, flexível e ter foco nos clientes e nas relações. “Encarar os desafios como meio de desenvolvimento é necessário, já que esse é um processo de crescimento e transformação constante”, afirma.

REVISTA BRASILEIRA DE ADMINISTRAÇÃO (RBA):
O senhor iniciou sua carreira como office-boy e, na mesma empresa, chegou ao cargo de coordenação geral. Antes, ainda trabalhou como boia-fria. Como foi seu início de carreira? Quais os desafios que enfrentou para “subir” de cargo no início?

ANTONIO ALVES (AA): Comecei a trabalhar cedo, em diversas ocupações, de boia-fria catando laranja e café nas lavouras do interior de São Paulo; de auxiliar de pintor e de garçom. Mas foi vendendo picolés nas ruas de Mogi Guaçu, uma pequena cidade no interior do Estado de São Paulo, que vivenciei as primeiras experiências sobre os fundamentos de marketing, logística e administração financeira. Marketing porque tinha que comunicar, promover e vender. Logística e planejamento financeiro porque tinha de estudar qual rota visitar, a fim de evitar alguns prejuízos, tais como ser assaltado. Acredito que essas experiências anteriores foram fundamentais para embasar meu planejamento de vida e de atuação profissional, e encarar os desafios sempre de frente e de forma direta.

“Como Administradores, devemos estar dispostos a escutar, aprender e mediar sempre com todos os atores da empresa e do mercado, pois dessa forma os desafios viram oportunidades de sucesso. E, como Administradores na área de marketing, acredito que levamos uma vantagem, que é ter um cuidado maior com o planejamento mercadológico e financeiro dos projetos.”

RBA: Ao longo de sua carreira, o senhor teve a oportunidade de atuar tanto em pequenas (foi diretor voluntário em empresa júnior) como em grandes empresas. E também em áreas bem distintas. O que significou essas experiências para o senhor?

AA: Tive a oportunidade de navegar por diversas áreas e segmentos e, consequentemente, me desafiar a aprender todo dia algo novo. Em um primeiro momento é normal ficar desconfortável com o novo, mas a maior lição que tirei dessas vivências foi o trabalho multidisciplinar, em que um Administrador deve saber orquestrar e inspirar bem seu time, independentemente da formação ou perfil das pessoas.

AA: Marketing é uma área que me encanta e me traz desafios diários, mas atuar junto com uma equipe criativa e motivada é muito prazeroso. No início da carreira na área de marketing era comum ser questionado pelos profissionais de comunicação sobre o porquê de um Administrador estar liderando uma área de comunicação e marketing, mas sem entrar em discussões filosóficas e conceituais. A resposta era simples e eficiente, seguindo as premissas de marketing dos mestres da Administração Peter Druker e Philip Kotler, onde busco resumir todo o processo de marketing em três letras, ICM:RBA: Mais tarde o senhor foi para a área de marketing – e trabalha com isso até hoje. Por que escolheu essa área? O que ela lhe trouxe de conhecimentos para sua carreira de Administrador?

IDENTIFICAR: ações relacionadas ao processo de investigação mercadológica, pesquisas de mercado e identificação de oportunidades de negócios, entre outros.
CONQUISTAR: ações relacionadas ao processo de campanhas para subsidiar as vendas e equipe comercial.
MANTER: ações ligadas ao processo de relacionamento com clientes, pós- -vendas, ações de CRM, entre outros.

 

Veja a reportagem na íntegra na edição 106 da RBA. Assine.