Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / CFA / Dicas para driblar a crise e começar 2016 com tudo

CFA

Dicas para driblar a crise e começar 2016 com tudo

Comments
por imprensa 13/01/2016 16h42
Inove constantemente, busque novidades e agregue valor ao negócio para ter sucesso neste ano novo

 

Para driblar a crise e começar o ano com perspectivas melhores no negócio, o empreendedor precisará de mais que uma vitrine bonita no período de festas.

Se, por um lado, investir na imagem do comércio é importante para ajudar na visibilidade, atraindo a atenção do cliente, por outro, a qualidade do serviço e do produto ofertados são fundamentais para fidelizar esse público.

O superintendente do Sebrae-ES, José Eugênio Vieira, explica que a instituição busca orientar as micro e pequenas empresas em seu desenvolvimento, sempre de forma criativa e inovadora.

Confira 10 dicas para que sua empresa não fique atrelada à crise, mas entrar em 2016 com vida nova:

1. Inove constantemente: busque novidades e agregue valor ao negócio. Acompanhe as tendências, escute seus clientes e sua equipe para absorver as boas ideias;

2. Conheça seu produto: conhecer o que você vende é muito importante, traz credibilidade à sua empresa e segurança ao cliente;

3. Publicidade: quantas vezes você já escutou a frase “A propaganda é a alma do negócio”? Invista em divulgar seu trabalho; as redes sociais então aí, e não cobram nada pelo serviço;

4. Foco e determinação: Duas coisas que não podem faltar para o desenvolvimento da sua empresa. O segredo é planejamento e dedicação; só assim você poderá alcançar suas metas;

5. Reduza os custos: verifique quais contas podem ser reduzidas e como. Pequenas mudanças podem gerar grandes resultados. E se diminuir itens como consumo de energia e água, o meio ambiente também agradece;

6. Avalie o mercado: o que sua empresa pode oferecer que está sendo demandado no momento? É necessário estar atento para ofertar aos clientes o que eles desejam;

7. Aumente a produtividade: a produtividade não precisa ser alinhada com o aumento da produção, mas sim com a eficiência no processo de trabalho. Você pode conseguir fazer o mesmo com menos tempo e recursos;

8. Capacite-se: busque capacitação contínua e treine também sua equipe. Acompanhe as capacitações presenciais do Sebrae e os cursos à distância (www.es.sebrae.com.br;  www.ead.sebrae.com.br; 0800 570 0800);

9. Evite endividamento: as taxas de juros estão mais altas, então é necessário ter cautela com financiamentos. Faça o possível para reduzir as dívidas que a empresa tenha.

10. Foque em atender bem: um bom atendimento fideliza o cliente e atrai novos. Os vendedores precisam ser educados, ter empatia e identificação com o que estão vendendo.

 

Fonte: Agência Sebrae de Notícias ES