Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / CFA / “Quem está preparado, não fica sem trabalho”

CFA

“Quem está preparado, não fica sem trabalho”

Comments
por imprensa 10/06/2014 16h45
A afirmação é do presidente do CFA. Para os profissionais de Administração, a Certificação Profissional do Sistema CFA/CRAs é o caminho para quem quer se destacar e ter suas habilidades reconhecidas no mercado de trabalho

 

De acordo com levantamento recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado no início de junho, a taxa de desemprego no país ficou em 7,1% no primeiro trimestre deste ano. A pesquisa – a primeira sobre mercado de trabalho em todo o país realizada pelo Instituto – revelou que, em relação ao mesmo período de 2013, houve um aumento de 1,6% no número de pessoas que deixaram de trabalhar. 

O estudo não revela as causas da inatividade dos brasileiros, mas a taxa de desemprego é maior entre os jovens: 2% para 14 a 17 anos e 15,7% para 18 a 24 anos no primeiro trimestre de 2014. Para o presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Adm. Sebastião Luiz de Mello, esse público ainda está em processo de formação. Alguns, inclusive, buscam a primeira experiência de trabalho. “O mercado está cada vez mais competitivo e, para ter um diferencial na carreira, os profissionais precisam ir além do diploma de graduação”, explica. 

Profissional de destaque – Nem medicina, nem engenharia. No Brasil, o curso mais procurado é o de Administração com mais de 850 mil alunos matriculados segundo dados do Censo da Educação do MEC. Só no Estado do Rio de Janeiro, são mais de 76 mil estudantes matriculados e, por ano, quase 10 mil se tornam bacharéis em Administração. 

Sebastião Mello diz que o curso é muito procurado porque a Administração é uma profissão com múltiplas competências e muitas possibilidades de emprego. Porém, se a demanda é grande, a concorrência também. Parar sair das estatísticas do desemprego, a recomendação dos especialistas é buscar qualificação. “Quem está preparado, não fica sem trabalho”, garante Sebastião Mello. 

Pensando nisso, o CFA criou o Programa de Certificação profissional do Sistema CFA/CRAs cujo objetivo inserir no mercado profissionais capacitados, contribuindo para o fortalecimento da imagem e credibilidade da profissão perante a sociedade. Para Sebastião Mello, a Certificação pode ser o requisito adicional ao currículo decisivo num processo de seleção, por exemplo. “Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, uma certificação certamente é um relevante adicional para o currículo de uma pessoa. Preparação é determinante para os profissionais de hoje, e o aprendizado vai além do curso técnico ou da Universidade”, afirma. 

O interessado em obter a certificação deverá acessar o site http://www.certificacao.cfa.org.br e realizar a inscrição, observando os requisitos estabelecidos no Edital e no Regulamento da Certificação. Ela terá validade nacional e duração de três anos. “Esta condição proporcionará um processo contínuo, caracterizando ciclos evolutivos da capacitação profissional, em consonância com a educação continuada”, garante o presidente do CFA. 

As inscrições para o Programa de Certificação Profissional estão abertas desde o início do ano. Desde então, centenas de profissionais já se inscreveram. Um deles foi o gerente de Recursos Humanos na multinacional Sementes Roos, Adm. Ricardo Antônio Gallina. Para ele, a Certificação será um diferencial na sua carreira. “Ela reforça a confiança de que os profissionais estão preparados para alcançar resultados positivos”, disse Ricardo, o primeiro a receber Certificação do Sistema CFA/CRAs.

 

Ana Graciele Gonçalves

Assessoria de Imprensa CFA