Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / CFA / 4 atitudes para manter sua empresa no azul

CFA

4 atitudes para manter sua empresa no azul

Comments
por imprensa 05/08/2014 11h10
Veja as dicas para sua empresa sair do vermelho e conseguir ficar com as contas em dia de uma vez por todas

Adiar a organização das finanças da sua pequena empresa pode aumentar as chances do seu negócio ficar no vermelho. Mas, para manter as finanças em dia, é preciso muita dedicação por parte do empreendedor. Para Márcio Iavelberg, sócio da consultoria Blue Numbers, muitos empresários têm dificuldade para entender os números da sua empresa por falta de conhecimento técnico e prática.

Por isso, a capacitação é uma atitude essencial para quem deseja manter sua empresa no azul. A profissionalização e informatização da empresa são outras maneiras de ajudar o empreendedor a administrar os números da pequena empresa ou startup.

"Ele passa a ter uma gestão integrada e com relatórios é possível ter uma base de dados sólida”, explica Leonardo Bastos, coordenador do curso de Ciências Econômicas da Newton Paiva. Veja outras atitudes que podem ajudar a manter o seu negócio no azul.

1. Detalhe os custos da empresa Para verificar se todas as áreas da sua empresa estão operando no azul, o empresário deve detalhar quais são os seus custos fixos e variáveis mensais. "Ao fazer isso, ele descobre para onde vai o dinheiro dele todo mês”, explica Bastos. Essa atitude é essencial para facilitar a gestão financeira do empreendimento.

2. Organize as receitas Para manter as contas sempre em dia, é preciso saber quanto dinheiro entra na empresa diariamente. Iavelberg explica que para cobrir todos os custos sem entrar no vermelho, o pequeno empresário precisa saber o volume de produto ou serviço que ele precisa vender e precificar corretamente. Para descobrir se o negócio está dando lucro ou prejuízo, o Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE), por exemplo, é uma planilha essencial.

3. Invista em controles Com a ajuda de planilhas, o empreendedor pode ter uma visão ampla de como anda o seu negócio e se planejar para crescer. "Não adianta ganhar dinheiro sendo que você não sabe para onde vai e gasta mal”, afirma Bastos. Hoje, existem ferramentas online que podem auxiliar no controle das finanças da empresa. Entretanto, a atualização tem que ser diária para que o empreendedor possa se organizar para quitar contas. "Principalmente para quem trabalha com o cartão de crédito, é preciso atualizar sempre”, completa Iavelberg.

4. Tenha disciplina É preciso acompanhar de perto as finanças do negócio para que nada saia do controle. Para Bastos, não basta apenas ter paixão pelo negócio se o empreendedor não consegue dedicar um tempo para administrar o estoque e atualizar planilhas. Sem essa atitude, as contas do dia a dia podem interferir negativamente no balanço da sua empresa.

 

Fonte: Exame (http://exame.abril.com.br/).