Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / CFA / O que diz a placa em sua mesa de trabalho?

CFA

O que diz a placa em sua mesa de trabalho?

Comments
por imprensa 29/04/2016 11h28
Uma reflexão sobre como saber o propósito do que você faz influencia a sua motivação no trabalho.

Dizia uma placa sobre a mesa de um oficial que trabalha no Pentágono, nos Estados Unidos: “O segredo do meu trabalho não me permite saber o que estou fazendo”.  É uma boa piada, mas não é engraçada quando reflete a realidade. As pessoas que não sabem o que estão fazendo logo ficam frustradas e desmotivadas.

E eu não falo do saber técnico: é saber o propósito daquilo que você está fazendo.

Aristóteles chamou de quididade, Nietzsche chamou de o porquê, Disney chamou de mágica, mas a verdade é que desde os primórdios do pensamento humano, o propósito tem sido guia, inspiração e razão para crermos em algo maior.

Se eu estivesse aí na sua frente agora, você saberia me responder de pronto: qual é o propósito da sua atividade hoje?

Eu espero fortemente que sim.                                                    

Mas nem sempre a gente pára pra pensar sobre a relação do nosso trabalho e o conceito de propósito, por mais que esteja sendo muito falado por aí. Além disto, talvez não esteja nem tão nítido para todo mundo o significado desta palavra.

O propósito funciona com aquela voz interior que sussurra no seu ouvido: por que mesmo? Por que levantei cedo hoje?  Por que estou me esforçando para entregar este projeto? Qual o motivo de eu gastar este dinheiro nesta formação?  Quando você o descobre, tudo ganha um senso de integridade e consistência e você passam a perceber o valor do que faz e a diferença que faz no mundo.

Para te ajudar a pensar sobre o propósito da sua atividade, eu trouxe algumas reflexões:

Se você trabalha em uma organização:

1. Por que você se juntou a esta empresa?

2. Quais são os seus valores pessoais que são condizentes com os valores da organização?

3. Por que você faz o que faz atualmente?

4. Para quê você faz o que faz atualmente?

5. Se a sua empresa deixasse de existir amanhã, o que o mundo perderia?

 

Se você é autônomo ou empresário:

 

1. Por qual motivo você optou por esta atividade?

2. Quais são os seus valores pessoais que são aplicados na sua atuação?

3. Por quê você faz o que faz atualmente?

4. Para quê você faz o que faz atualmente?

5. Se você morresse amanhã, o que o mundo perderia?

 

São tantas as perguntas para descobrirmos o propósito da nossa atividade que não consigo colocar todas aqui. Mas estas reflexões já nos dão uma pista bem bacana sobre o motivo pelo qual você faz o que faz!

Então vai lá e pega um papel, escreve as respostas para cada uma destas cinco perguntas e avalie: o propósito da sua atuação hoje é condizente com o que você quer? E se não for, o que você pode começar a fazer hoje para ir alterando aos poucos esta situação?

Depois destas reflexões, eu quero chegar à sua mesa e encontrar a plaquinha: “O segredo do meu trabalho é saber o propósito do que estou fazendo”.

Fonte: Administradores.com