Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / CFA / Qual alimentação seguir durante o expediente

CFA

Qual alimentação seguir durante o expediente

Comments
por imprensa 28/01/2014 14h00
Comer bem e certo fazem total diferença na manutenção de energia e na dinâmica de trabalho

 

Um fator que interfere diretamente na produtividade dos profissionais é a alimentação durante o expediente, que influencia no ritmo de trabalho e interfere na qualidade de vida e saúde do colaborador.

 

Muitos não imaginam como comer bem e certo fazem total diferença na manutenção de energia e na dinâmica de trabalho, sendo assim, alguns alimentos devem estar sempre na dieta para garantir uma melhor disposição e saúde.

 

Segundo a nutricionista Nathalia Faquim, os alimentos mais apropriados para comer durante o trabalho, são alimentos ricos em carboidratos. “Os carboidratos possuem o açúcar, o qual é responsável por dar a energia necessária para o cérebro onde é processado dando força para o dia a dia. Segundo a UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), os benefícios dos carboidratos fazem com que mude o humor do indivíduo e, além disso, ajudam na reposição de energia”, explica Nathalia.

 

Sendo assim é recomendada uma boa alimentação desde o café da manhã, escolhendo alimentos fontes de amidos, como o pão, acompanhado de suco de frutas que ajudam no equilíbrio intestinal. “É fundamental se alimentar de três em três horas, e sempre tomar muita água. Já no almoço, é necessário fazer uma refeição equilibrada, podendo conter arroz, feijão, uma carne e salada. Uma massa acompanhada de um molho ao sugo também é permitida. Os lanches nos intervalos ajudam a dar energia para que continue o trabalho com mesmo foco. Com isso é recomendado comer alimentos fontes de fibras, como granola, barras de cereais e frutas”, enfatiza a nutricionista.

 

Não seguir este cardápio resulta em uma má alimentação, que acarreta alterações no humor, ansiedade, falta de energia, sono e estresse. No entanto, alguns profissionais sofrem com a falta de tempo, e alternativas podem ser tomadas para quem vive em constante trânsito durante o dia.

 

“Uma coisa é obrigatória: comer de três em três horas, mas, para quem não consegue, é fundamental manter a qualidade das principais refeições. Ou seja, escolha bem os alimentos e evite frituras, gordura e muito açúcar. Uma opção é sempre levar alimentos em uma sacola e comer durante os possíveis intervalos, como frutas e barras de cereal”, ressalta Nathalia.

 

O que é aconselhado evitar durante o trabalho?

 

Para uma melhor manutenção da energia é necessário evitar os grupos abaixo:

 

Chicletes e balas – Estimulam o trato gastrointestinal e enganam o organismo, que fica esperando que o alimento chegue para, então, liberar a energia.

 

Café em excesso – O ideal é não ultrapassar três porções de 50 ml por dia, pois pode gerar dependência. Substitua por chá.

 

 Fonte: Portal Carreira & Sucesso