Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / CFA / Vida Digital

CFA

Vida Digital

Comments
por imprensa 16/05/2014 14h45
Em 2025, a internet estará presente em tudo, revela pesquisa

 

Em comemoração aos 25 anos da criação da World Wide Web (www), o centro de pesquisas americano Pew realizou, em conjunto com a Universidade Elon, um estudo que revela como a internet será incorporada no futuro - mais especificamente, em 2025.

Para a pesquisa, foram utilizadas mais de 1600 respostas de investidores e especialistas a um questionário sobre como será o uso da internet daqui a 11 anos. Quando questionados sobre a possibilidade de a internet melhorar o dia a dia das pessoas até lá, 83% dos entrevistados responderam que sim. Em linhas gerais, a conclusão foi que a internet das coisas está cada vez mais presente na vida das pessoas.

Faz sentido: de acordo com pesquisa da Cisco, em 2013, havia 13 bilhões de dispositivos conectados a internet. A previsão é de que, em 2020, esse número chegue a 500 bilhões - que incluirão, além de dispositivos móveis, chips, sensores e aparelhos ainda não inventados.

O estudo lista uma série de possibilidades que o desenvolvimento da tecnologia fornecerá. Confira algumas delas:

- “As pessoas serão capazes de controlar praticamente tudo [que diz respeito a suas moradias] remotamente, desde a temperatura de suas residências até a frequência com a qual as plantas de seu jardim são regadas. As moradias também terão sensores que avisam seus donos sobre tudo: desde possíveis invasores até canos de água quebrados.”

- “Dispositivos embutidos e aplicativos de smartphones possibilitarão melhores formas de transporte e leituras dos níveis de poluição.” Além disso, os “sistemas inteligentes distribuirão eletricidade e água de maneira mais eficiente, dando alertas sobre possíveis problemas de infraestrutura”.

- “Fábricas e cadeias de fornecedores terão leitores e sensores que rastrearão os materiais com mais precisão de forma a acelerar e tornar mais tranquilo os processos de manufatura e distribuição de bens.”

- “Sensores estarão presentes em rodovias, prédios, pontes, represas e outras infraestruturas, e darão leituras regulares sobre seu estado de uso, dando alertas quando houver a necessidade de realizar reparos e atualizações.”

- “Os suportes de papel higiênico nos banheiros darão sinais quando precisarem de recarga. As latas de lixo municipais sinalizarão quando precisarem ser esvaziadas. As cafeteiras serão programadas para começarem a fazer café quando seu alarme despertar.”

 

Fonte: Época Negócios