Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CFA ] Seamerco dita as últimas horas do Conamerco

CFA

[ CFA ] Seamerco dita as últimas horas do Conamerco

Comments
por imprensa 23/05/2016 09h31
O seminário promoveu debates e despertou questionamento entre os participantes

A realização do VII Seminário de Mediação e Arbitragem do Mercosul (Seamerco) marcou a última tarde do XXII Congresso de Administração do Mercosul (Conamerco). O período foi composto por duas apresentações: a conferência “Arbitragem Doméstica e Arbitragem Internacional”; e o painel “Mediação: experiência e integração do Mercosul. Perspectiva da Argentina, Brasil e Uruguai”.

Iniciada pela apresentação teatral da Cia Vanguarda, a primeira palestra da tarde contou com a presença do diretor de Relações Institucionais do Conselho Regional do Distrito Federal (CRA-DF), Adm. Eduardo Vieira, e do doutor em direito internacional, Marcelo Teixeira.

A peça relâmpago simulou uma situação de ruptura empresarial em que um mediador fomentava o melhor acordo para atender os interesses dos sócios. Em seguida, Eduardo Vieira falou sobre Arbitragem Doméstica. A explanação a respeito de Arbitragem Internacional ficou por conta do doutor Teixeira.

Marcelo Teixeira frisou a importância do Administrador na mediação de conflitos. Para o especialista, a mediação é diferente da intervenção judiciaria: “A arbitragem traz flexibilidade ao empresário na hora de conciliar os interesses empresariais de acordo com as leis aplicadas ao contrato”, alertou o doutor.

O Seamerco encerrou com o painel sobre mediação. Nele, a brasileira Ana Luiza Isoldi, a argentina Cynthia Borgnia, e a uruguaia Ana Guzman levantaram um grande debate a respeito do tema. As especialistas falaram sobre os processos de mediação e arbitragem em seus países e salientaram que o conhecimento desses processos é fundamental para solução simples de problemas que podem se tornar judiciais.

Mais uma vez, a música tomou conta do auditório do Conamerco. A Orquestra Sinfônica da Universidade do Estado de Santa Catarina emocionou o público ao encerrar o evento. Ao som de grandes peças da música clássica mundial, profissionais e estudantes de Administração se despediram do maior evento da área na América-latina.

 

Assessoria de Comunicação do CFA