Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CFA ] TCU e CFA assinarão termo de parceria

CFA

[ CFA ] TCU e CFA assinarão termo de parceria

Comments
por imprensa 26/11/2013 09h21
Proposta foi feita pelo presidente do Tribunal, ministro Augusto Nardes, durante o FIA/Mundial

Proposta foi feita pelo presidente do Tribunal, ministro Augusto Nardes, durante o FIA/Mundial

 

Aconteceu em Gramado-RS, de 30 de outubro a 2 de novembro, o XIII Fórum Mundial de Administração (FIA) e o IX Congresso Mundial de Administração. Mais de 800 pessoas participaram dos eventos para debater o tema “O Futuro: da Administração, das carreiras e dos negócios no mundo em reconfiguração”.

 

Uma das presenças mais aguardadas no evento foi a do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Ministro Augusto Nardes. Na oportunidade, ele apresentou a conferência de encerramento do FIA/Mundial com o tema “Governança”.

 

A conferência foi coordenada pelo presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Adm. Sebastião Luiz de Mello. Ele fez uma breve introdução ao tema e chamou a atenção do público ao falar do quanto o Brasil desperdiça dinheiro. “A cada ano o país desperdiça R$ 1 trilhão, o equivalente ao Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina”, alertou Sebastião Mello.

 

O presidente do CFA apresentou, ainda, os dados do desperdício levantados pelo jornal Correio Braziliense. Para se ter ideia, R$ 70 bilhões é a estimativa de perdas para os cofres públicos com o desvio de verbas. Além disso, o país perde muito dinheiro por falhas no sistema de logística, transporte, armazenagem, burocracia, entre outros. “Os números são estarrecedores e essa ineficiência é endossada pela alta carga tributária, considerada uma das maiores do mundo”, afirmou.

 

Para o ministro Augusto Nardes, existem falhas gerenciais no país, pois o Estado gasta somente 50% do PIB. “Esses dados mostram o quanto devemos melhorar a máquina pública”, disse, falando da necessidade de investir em setores fundamentais como, por exemplo, a educação. “Não vamos progredir se não tivermos pessoal qualificado”, destacou o presidente do TCU.

 

Outro ponto destacado na conferência foi a infraestrutura que, segundo Nardes, o país também deixa a desejar. “Na Copa, a mobilidade será um grande gargalo. E as estradas? Perdemos muita soja por falta de estrutura para transportar cargas”, citou.

 

Além disso, o ministro mostrou ao público o modelo de governança adotado pelo TCU e o recém-lançado projeto de melhores práticas, que terá duração de três anos. “O Brasil, para se consolidar como um dos líderes mundiais em termos de desenvolvimento tem que fortalecer a governança pública”, disse.

 

Parceria – Augusto Nardes propôs ao Sistema CFA/CRAs uma parceria para a melhoria da gestão pública no país. Segundo ele, os administradores são essenciais nesse diálogo. “O país não vai avançar sem a coletividade, sem a participação de pessoas competentes e capacitadas. Vamos trabalhar juntos”, pediu o Ministro, que é o primeiro Administrador a assumir a presidência do TCU.

 

Ovacionado pelo público, Nardes elogiou o evento e ressaltou que é preciso coragem para discutir os grandes temas. “É muito importante essa participação dos Administradores. Precisamos deixar de ser só o país do futuro para sermos o país do presente”, encerrou.

Histórico – Augusto Nardes é Administrador registrado no CRA-RS nº 7168. Natural de Santo Ângelo-RS, Nardes é graduado em Administração pela Fundames (atual Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões), em Santo Ângelo, pós-graduado em Política do Desenvolvimento e mestre em Estudos de Desenvolvimento pelo Institut Université d’Études, em Genebra, na Suíça.

 

Nardes iniciou sua carreira política como vereador pelo Arena em Santo Ângelo, entre 1973 e 1977. Foi deputado estadual pelo PDS, entre 1986 e reeleito em 1990 já pelo Partido Progressista Renovador. Em 1994 elege-se deputado federal, sendo reeleito em 1998 e 2002. Na Câmara, foi defensor da profissão de Administardor.

 

Renunciou ao mandato de deputado federal para assumir o cargo de Ministro do TCU e atualmente é o presidente do Tribunal, sendo o primeiro Administrador a assumir a presidência da casa.

 

Assessoria de Imprensa CFA

Fotos: Dinarci Borges e Márcio Queiroz

10710540755_0789b2c4d7_c.jpg10710557725_c8c215940a_c.jpg10710581615_b3ffb2af12_c.jpg10710642294_ee60cf2a7f_c.jpg10710755673_5f1bf1f44b_c.jpgTOP_3461.JPGTOP_3519.JPG