Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CRA-ES ] CRA-ES denuncia falso administrador que atuava em hospital estadual

CFA

[ CRA-ES ] CRA-ES denuncia falso administrador que atuava em hospital estadual

Comments
por imprensa 20/01/2015 11h27

A Unidade de Fiscalização do Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES) encaminhou denúncia formal ao Ministério Público Estadual do Espírito Santo (MPES) para apuração de falsificação documental e falsidade ideológica de um profissional que exercia ilegalmente a profissão de administrador e atuava como gerente administrativo financeiro no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves. Em uma fiscalização do CRA, foi constatado que Jasiel Souza Câmara apresentou diploma falso de conclusão do curso de Administração para obter registro no Conselho e ter acesso à vaga, que é privativa a profissionais devidamente habilitados e registrados no Conselho. O Conselho tomou as providências cabíveis em seu nível de atuação, cassando o registro profissional e notificando o hospital, que imediatamente o demitiu.

Os Conselhos de Fiscalização Profissional foram criados visando à defesa da Sociedade, ao habilitar, orientar e fiscalizar os profissionais para o pleno exercício legal com observância ao correspondente Código de Ética, garantindo, assim, a qualidade e o zelo profissional desse exercício.

Para o presidente do CRA-ES, Adm. Marcos Félix, a fiscalização deve começar pelas próprias empresas. “É fundamental que as instituições optem por contratar somente profissionais devidamente habilitados, conforme legislação vigente, uma vez que leigos não estão sujeitos à fiscalização ética dos Conselhos e a consequente disciplina do exercício profissional propriamente dito”, informa.

Agora cabe ao Ministério Público Estadual do Espírito Santo (MPES) apurar o caso já que a prática pode constituir falsificação documental e falsidade ideológica, delitos com penalidades previstas no Código Penal Brasileiro.

 

Fonte: CRA-ES