Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CRA-MS ] Administrando a Vida: campanha do CRA-MS mobiliza doadores de sangue

CRA-MS

[ CRA-MS ] Administrando a Vida: campanha do CRA-MS mobiliza doadores de sangue

Comments
por imprensa 15/07/2016 10h10

O Conselho Regional de Administração de Mato Grosso do Sul (CRA-MS) com apoio do CRA-Jr MS e da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Mato Grosso do Sul (ABRH-MS) lançou a campanha “Administrando a Vida”, que mobiliza os profissionais de Administração, empresários do setor e acadêmicos na doação de sangue.

A campanha será realizada até o dia 27 de abril, na sede do Hemosul em Campo Grande. De acordo com o diretor de Desenvolvimento Institucional do CRA-MS, Adm. Marcos Silva, “esta é uma campanha que deverá ser seguida por todos os demais conselhos de classe. Nós da Administração alinhamos o slogan de administrar a vida e cada instituição mobiliza seus profissionais registrados”, afirma a liderança.

Ainda de acordo com Silva, “temos que dar exemplo e mostrar que a vida não é composta apenas de negócios, oportunidades, trabalho, mas também de momentos de solidariedade e responsabilidade social. Sem dúvida os administradores e tecnólogos sul-mato-grossenses são verdadeiros empreendedores da vida e estamos muito contentes que, já no primeiro dia, recebemos a presença de amigos e parceiros que foram fazer a doação”, detalhou o diretor do CRA-MS.

Para aderir a campanha, basta procurar a sede do Hemosul, em Campo Grande, que fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304 Centro, no período das 9h às 16 horas, de segunda a sexta-feira. Mais informações sobre a campanha podem ser adquiridas pelo fone (67) 9338-8282.

Quem pode doar sangue:

Documentação: Para doar sangue é preciso que você esteja munido de um documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista.

Idade: Os doadores precisam ter entre 16 e 69 anos segundo a nova lei da doação de sangue aprovada em 2013. Há uma ressalva para quem tem 16 e 17 anos: o menor de idade tem que estar acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal, ou então pode retirar na unidade de doação um modelo de declaração, levar para mãe ou pai ou responsável legal assinar e então reconhecer firma desta assinatura. Caso o menor de idade seja emancipado pode vir doar sozinho trazendo o documento de emancipação. Se for casado traz a certidão de casamento que já é suficiente para a liberação. Também é importante lembrar que a primeira doação somente pode ser feita até 60 anos. Acima desta idade, apenas para quem já é doador de sangue.

Peso: Embora a nova lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 Kg, a Hemorrede-Ms reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador.

Intervalo de doação: Homens podem doar até quatro vezes ao ano com um intervalo mínimo de dois meses. Mulheres podem doar até três vezes ao ano com um intervalo mínimo de três meses. Após os 60 anos tanto homens como mulheres devem obedecer ao intervalo mínimo de seis meses.

Doenças que impedem a doação: Doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis. Se estiver com gripe ou alergia deve esperar sete dias após sarar para doar sangue.

Medicamentos: Alguns medicamentos impedem a doação. Portanto fale para o profissional de saúde que for lhe entrevistar os remédios que está utilizando.

Vacinas: As vacinas impedem temporariamente a sua doação. Por isso, aproveite para doar sangue antes de tomar a dose de vacina.

Alimentação: Não esqueça: você deve estar BEM ALIMENTADO para doar sangue. Como muitos pensam não se pode doar sangue em jejum. É diferente de quando vamos fazer exames laboratoriais de sangue, para os quais o jejum é recomendado. Mas você pode evitar alimentos com excesso de gordura quando vier doar sangue. É recomendado que se alimente bem, porém, de forma saudável.

Fonte: CRA-MS