Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CRA-PR ] Para CRA-PR, terceirização reorganiza o sistema produtivo

CRA-PR

[ CRA-PR ] Para CRA-PR, terceirização reorganiza o sistema produtivo

Comments
por imprensa 28/04/2015 13h48

O presidente do Conselho Regional de Administração de Administração do Paraná (CRA-PR), Adm. Gilberto Serpa Griebeler manifestou sua posição favorável à aprovação do Projeto de Lei nº 4.330, que regulamenta a terceirização do trabalho no Brasil. "Do ponto de vista da administração, a terceirização reorganiza o sistema produtivo e aumenta a eficiência dos processos, colocando as empresas à altura dos desafios contemporâneos da sociedade e do mercado", declarou.

 Para Griebeler, quando bem planejada e executada, a terceirização proporciona melhorias em produtividade e especialização que tornam as empresas mais competitivas, o que se reflete em produtos e serviços com mais qualidade e menores custos, beneficiando o consumidor e a sociedade. Essa modernização tem impactos positivos na redução do chamado "custo Brasil", contribuindo para um ambiente de negócios mais flexível.

 O presidente do CRA-PR pondera ainda que o projeto de lei vem regulamentar uma realidade do mercado de trabalho, considerando que mais de 12 milhões de brasileiros trabalham atualmente na condição de terceirizados: "A proposta vem amparar esse grande contingente de trabalhadores e profissionais, assegurando-lhes a devida proteção trabalhista".

 Para Griebeler, a ênfase da administração contemporânea está na produtividade, nos resultados, na inovação e no desenvolvimento de lideranças éticas e socialmente responsáveis: "As organizações de sucesso são aquelas que conseguem inovar de forma sustentável, proporcionando soluções de excelência para seus consumidores a baixos custos e com benefícios à sociedade". Para tanto, segundo Griebeler, a gestão dos empreendimentos requer flexibilidade, combinando talentos com tecnologias, produtividade e lucratividade com responsabilidade social e ambiental. A terceirização insere-se nesse contexto, trazendo segurança jurídica para empresários e trabalhadores.

 "O mercado de trabalho exige mais qualificação e implanta novos modos de trabalhar", afirma o presidente, enfatizando que o CRA-PR procura antecipar as tendências e manter os registrados bem informados de tal modo que os profissionais sejam não apenas bem sucedidos, mas, sobretudo, realizados.

 

Fonte: CRA-PR