Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CRA-SE ] CRA-SE busca melhoria no mercado de trabalho para administradores

CRA-SE

[ CRA-SE ] CRA-SE busca melhoria no mercado de trabalho para administradores

Comments
por imprensa 11/05/2015 16h15

Presidente e conselheiros do CRA-SE fazem entrega de Ofício de Fiscalização à empresa de consultoria, visando melhorias no mercado de trabalho, para os profissionais de Administração.

 

Visando resguardar os profissionais de Administração para o mercado de trabalho, o presidente do Conselho Regional de Administração de Sergipe (CRA-SE), Adm. Carlos Eloy Filho e os conselheiros, Adm. Moabe Teles, diretor de Fiscalização, Adm. Paulo Sérgio, Adm. Jorge Luiz, Adm. Jamar Miranda e a fiscal do CRA-SE, Admª Cynthia Alves, foram até a sede da Erpac, empresa de assessoria e consultoria voltada ao atendimento de órgãos públicos e entidades sujeitas às regras específicas da Administração Pública, na tarde desta quinta-feira, 7, para um diálogo com o diretor da empresa, Aécio Dantas, sobre a fiscalização de empresas que prestam serviços de assessoria contábil às prefeituras do Estado, referentes a elaboração de editais de licitação no campo privativo do administrador.


Na ocasião, o diretor de Fiscalização fez a entrega do Ofício de Fiscalização, ao diretor da Erpac. Para Teles, a visita à empresa significou não apenas a entrega de um ofício, mas sim, o início de uma parceria. "Estamos aqui, orientando e buscando uma parceria para que possamos resguardar os administradores, evitando que profissionais alheios à categoria assumam tarefas privativas do administrador", salientou Teles.


Familiarizado com os assuntos que envolvem órgãos de classe, o diretor da Erpac, Aécio Dantas, que já foi presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRC-SE), aprovou a iniciativa do CRA-SE, recebeu o ofício e colocou-se a inteira disposição para colaborar com o trabalho de fiscalização do Conselho.


O conteúdo do ofício é de teor orientativo; no qual explica o campo privativo do administrador, ao tempo que, alerta, em caso do não cumprimento, futuras fiscalizações por parte do órgão.


Com isso, o Conselho espera resultados positivos para o mercado de trabalho, abrindo vagas para profissionais habilitados, ou seja, com registro no CRA.


Os serviços sujeitos a fiscalização são: Administração Financeira, de Material, Mercadológica, de Produção, Relações Industriais e Administração e Seleção de Pessoal, Orçamento, Organização e Métodos e Programas de trabalho, entre outros.


De acordo com a fiscal, Admª Cynchia Alves, o que o CRA-SE busca, neste caso, é que a Erpac oriente seus clientes a abrirem licitações exigindo das empresas concorrentes, o registro no CRA. Logo, empresa registrada requer administradores, o que torna o mercado mais propício para quem realmente está habilitado para atuar no mercado.

 IMG_20150507_120910393.jpg

IMG_20150507_122336774.jpg

 Fonte: CRA-SE