Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / [ CRA-SE ] Quadrilha de São Paulo aplica golpe em administradores

CRA-SE

[ CRA-SE ] Quadrilha de São Paulo aplica golpe em administradores

Comments
por imprensa 24/07/2014 14h16

O Conselho Regional de Administração de Sergipe (CRA-SE) apurou, na manhã desta quinta-feira, 24, uma denúncia de um suposto golpe de quadrilha, que estaria aplicando a fraude em administradores, no estado de Sergipe.

O fato ocorreu após a denúncia da bacharela em Administração, Sandra Santos, que ligou para o CRA-SE, para confirmar a informação de que o Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP) estaria promovendo um congresso em Administração, em parceria com o Regional de Sergipe. Este congresso teria um custo de R$ 2.000,00. Mas, devido à parceria com o CRA-SE, ela teria o desconto de 50% sobre o valor cobrado.

Após as informações prestadas pela bacharela, o CRA-SE, imediatamente, entrou em contato com o CRA-SP, para averiguar as informações. Posteriormente, foi constatado, que o teor da ligação trata-se de um golpe.

Segundo o CRA-SP, a quadrilha já vem agindo há algum tempo. Eles ligam para as vítimas, se passam pelo Conselho e comunicam a oferta de um congresso em Administração, em parceria com demais Conselhos Regionais de Administração (CRAs).

Ainda de acordo com o CRA-SP, este golpe já vem sendo aplicado em outros Estados do Brasil. Após este fato, o CRA-SE alerta para aqueles que, caso venha a receber ligações sobre congressos, fóruns e eventos em geral, promovidos pelo Sistema CFA/CRAs, em parceria com o CRA-SE, fiquem atentos. Pois, o Conselho não fornece dados pessoais, como números de telefones, e-mails, ou endereços.

Todas as parcerias firmadas pelo CRA-SE são publicadas no site: www.crase.org.br. O Conselho recomenda que, antes de realizar qualquer inscrição de evento semelhante a este, e efetuar o pagamento, verifiquem no site, ou liguem para (79) 3214-2229 e confirmem a procedência.

A bacharela em Administração, Sandra Santos, evitou a fraude. O CRA-SE sugeriu que a mesma, procure uma delegacia e faça a denúncia.

Fonte: CRA-SE