Você está aqui: Página Inicial / Serviços / Notícias / [CFA] / XIV FIA - Confira na íntegra o discurso proferido pelo presidente do CFA

CFA

XIV FIA - Confira na íntegra o discurso proferido pelo presidente do CFA

Comments
por imprensa 20/05/2015 10h46

DISCURSO

XIV FÓRUM INTERNACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO


Administradores, tecnólogos, professores, coordenadores e estudantes de Administração do Brasil e dos países que aqui se fazem presentes.

Colegas do Sistema CFA/CRAs e demais presentes. 

Boa tarde a todos! 

Estar aqui no Rio de Janeiro, mais uma vez, para participar de um evento do Sistema de CFA/CRAs é, para mim, um momento de júbilo. 

O Rio é uma cidade acolhedora e, como diz a música, “Cheia de encantos mil”. 

Mais que isso: o Rio de Janeiro é uma cidade reconhecida internacionalmente por sua vocação para sediar importantes eventos, tornando-se o centro de importantes discussões do país e do mundo.

Lembro-me que, em 2012, estive aqui, nesse mesmo local, discursando na ocasião do vigésimo segundo Encontro Brasileiro de Administração. A cidade já está, então, habituada com a forte presença dos profissionais de Administração. 

E hoje, 18 de maio, aqui estou eu mais uma vez, imbuído da missão de, em nome do Conselho Federal de Administração, saudar todos os convidados e participantes da décima quarta edição do Fórum Internacional de Administração. 

O FIA é realizado desde 1989, sendo um dos eventos oficiais do Sistema CFA/CRAs. O objetivo do Fórum é oferecer um espaço para intercâmbio entre os administradores brasileiros e dos administradores de diversos países. 

A primeira edição do FIA aconteceu em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Depois disso, o evento passou por: 

  • Miami, nos Estados Unidos;
  • Madri, na Espanha;
  • Lisboa e Coimbra, em Portugal;
  • Acapulco, no México;
  • Montreal, no Canadá;
  • Além das cidades brasileiras Fortaleza, Goiânia, Rio de Janeiro, Florianópolis e Gramado, sendo que este ano, o evento volta para a cidade Maravilhosa.

 

O FIA já tem uma longa história e todas as edições geraram valiosas contribuições para a ciência da Administração.

Entretanto, a décima quarta edição do FIA tem um “Q” especial. Neste evento, que já faz parte da história do Sistema CFA/CRAs, celebramos os 50 anos da Administração. 

É o Jubileu de Ouro! Cinquenta anos de existência! Queremos celebrar o cinquentenário! Comemorar é festejar, é rememorar, trazer à memória, é renovar, é, portanto, reviver, refletir e projetar o futuro. 

Por isso, o tema deste FIA é, justamente, “50 anos de transformação e o futuro da Administração”. 

Tenho a plena convicção que, assim como os eventos que já promoveu, o CRA-RJ caprichou nesta edição do FIA. A começar pela programação, que está completa, com temas de extrema relevância para a Ciência da Administração e com a presença de renomados conferencistas como o filósofo colombiano Bernardo Toro, os pesquisadores franceses Pierre Lévy e Sebastien Charles, o historiador brasileiro Leandro Karnal, o cientista Silvio Meira e consultor José Pastore. 

Apesar de ter apenas 50 anos, sabe-se que a Administração é uma ciência antiga. No século XIX o escocês Adam Smith, por exemplo, já pregava a ideia de que o administrador deveria cultivar a ordem, a economia e a atenção, iniciando a aplicação dos conceitos de controle e remuneração. Na mesma época, o engenheiro americano Frederick Wislow Taylor introduziu o conceito de administração ao aplicar o conhecimento na prática do trabalho.

Maximização dos recursos, racionalização e eficiência no trabalho e redução de desperdício, são alguns dos conceitos aplicados que contribuíram para eclosão do capitalismo, que teve seu auge nos Estados Unidos. Não foi à toa, portanto, que a primeira escola de Administração de Empresas do mundo foi criada naquele país, na Wharton School of Management, na Filadélfia. 

No Brasil, a Administração começa a despontar no período entre 1930 a 1950, época marcada pelo investimento na indústria de base brasileira. Anos mais tarde, a profissão é regulamentada no país por meio da Lei 4.769 de 1965, que criou, também, os Conselhos Federal e Regionais de Administração (CFA/CRAs). 

E aqui estamos, 50 anos depois. Estamos presentes nos 27 estados da federação e no Distrito Federal. 

Conquistamos muitos avanços, crescemos enquanto profissão e no ensino já somos o curso com o maior número de matriculados e formados no país. 

Podemos dizer que somos uma verdadeira nação de Administradores. 

Para chegar onde estamos, foi um longo caminho. Um caminho construído com o apoio de muitos Administradores, entusiastas da profissão. 

Nesse processo irmanado, coeso e solidário, o Sistema CFA/CRAs cresceu e tornou-se um sistema forte e integrado.

Sabemos que ainda há muito chão a percorrer; muitos caminhos a descobrir. O que os próximos anos reservam para a Administração? Como nos prepararmos para as transformações que possam vir?

Certamente não tenho as respostas precisas para esses e outros questionamentos, mas eventos como o décimo quarto Fórum Internacional de Administração e, em breve, o vigésimo quarto Encontro Brasileiro de Administração, a ser realizado em setembro próximo, na cidade de Porto Alegre, têm a missão de atender esses e a outros anseios. 

Inclusive, Pierre Lévy falará, justamente, sobre os próximos 50 anos na palestra a ser conduzida por mim, no terceiro dia do FIA. 

Sim, que nesse Jubileu de Ouro façamos uma reflexão primorosa do que já aconteceu, do quanto a profissão evoluiu e as conquistas já alcançadas pelo Sistema CFA/CRAs. 

É momento de celebrar, mas é também a hora de fazermos uma autoanálise. Apesar dos louros colhidos nessas 5 décadas, não significa que não tenhamos que assumir a responsabilidade de realizarmos alguns ajustes, ajustarmos as velas e experimentarmos novas rotas. 

Quem venha os próximos 50 anos! Vamos construir juntos, o futuro da Administração. Afinal, um país bem administrado é melhor para todos nós. 

Mas não deixemos para amanhã esse trabalho! 

Como disse o poeta Mário Quintana:

 

"A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas!

Quando de vê, já é sexta-feira!

Quando se vê, já é natal...

Quando se vê, já terminou o ano...

Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.

Quando se vê passaram 50 anos!".

 

Bom, é como ele disse: O tempo urge! 

Portanto, em um evento como este, é fundamental que possamos voltar boa parte de nossas energias para pensarmos nos próximos 50 anos da Administração. 

Aos jovens profissionais de Administração, cuja estrada da vida ainda há muito a oferecer, honrem esse chamado. Sejam exigentes! Aprendam a ser exigentes! Não aprendam somente a reclamar das condições e do mercado de trabalho! Vão à procura, ao encontro da sua entidade profissional. Propósito é o que traz verdadeira riqueza para a vida. 

Finalizo desejando boas vindas aos participantes deste XIV FIA. Aproveitem ao máximo o evento. Apreciem, também, a beleza dessa cidade Maravilhosa. 

Um abraço a todos.